segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

E não é que o livro vende?


Estou particularmente feliz com o sucesso de meu livro, a cada dia que passa mais livros são vendidos. Tudo bem, concordo com você, eu ganho minha parte, afinal escrevi o livro e deu um trabalho danado, não é mesmo? Mas isso é só um detalhe, o que conta mesmo é a possibilidade de transmitir tudo o que levei tanto tempo para aprender, para os pilotos que hoje em dia aprendem tão rápido.
Divulgar o que sei através de meu livro é um prazer muito grande, é como olhar seu filho crescer, é como olhar sua casa se encher de amigos, é como constatar que sua vida não se resume ao mero minuto que passa e sim que ela pode se projetar para frente, para um futuro que pode ir muito além deste mero minuto que levo para escrever este texto.